68 – como incendiar um país

Date: 5 de julho de 2018
Time: 19:00  to  22:00

Conversa com Maria Teresa Mherebo e Erick Corrêa, autores de “68 – como incendiar um país”, e o Professor Luiz Felipe de Alencastro, então estudante na França (Aix-en-Provence) em 1968 . 

do site da Editora Veneta:

“Em maio de 1968, Paris foi uma festa. Um tipo de especial de festa: barricadas, carros incendiados, universidades ocupadas pelos estudantes, que enfrentavam as tropas de choque de De Gaulle nas ruas da cidade. Os muros foram tomados por pichações de palavras de ordem e os mais belos cartazes que uma revolução já produziu.

Desde então, milhões de livros foram publicados com as plácidas reflexões de acadêmicos a respeito daquele levante que os surpreendeu tanto. O que este livro apresenta é outra coisa: os manifestos e as avaliações feitas no calor da hora pelos mais radicais dos grupos rebeldes. E traz um grande apanhado do incendiário material gráfico produzido pelos estudantes: cartazes, folhetos e histórias em quadrinhos. Um livro mais perigoso que qualquer coquetel molotov.”

CompartilharShare on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn