Curso: Aqueles anos vinte – Mário e Oswald de Andrade

Date: 2 de abril de 2018
Time: 19:30  to  21:30

CURSO: AQUELES ANOS VINTE – MÁRIO E OSWALD DE ANDRADE

Cinco encontros: 02/04, 09/04, 16/04, 23/04 e 07/05
Quando? Segundas-feiras, das 19h30 às 21h30
Investimento total: R$ 120,00 ou R$ 30,00 (aula avulsa, pagamento feito na hora)

Link para inscrição: http://bit.ly/2Gr8yJY

Perfil do público: interessados em literatura, antropologia, ciências sociais, cultura geral e história brasileira. Não é preciso ter formação específica, nem experiência prévia na área.

Para mais informações, contatar cursos@taperatapera.com.br

CRONOGRAMA DE AULA

Em cinco encontros semanais, coordenados por Carolina Serra Azul, pretendemos desenvolver uma visão sobre as produções que Mário e Oswald de Andrade desenvolveram na década de 1920, como desdobramentos da Semana de Arte Moderna de 1922. Os encontros serão centrados na leitura de textos literários em diálogos com as artes plásticas, essenciais para a compreensão do período.

Aula 1: Os antecedentes da Semana de 1922: a Exposição de Pintura Moderna (1917), de Anita Malfatti
Comentários sobre algumas pinturas de Anitta Malfatti, no sentido de explicitar as inovações estéticas modernistas no âmbito das artes plásticas, as quais teriam influência sobre a Semana de Arte Moderna de 1922, inclusive sobre Mário e Oswald; leitura de trechos do texto “Paranoia ou mistificação?” (1917), reação de Monteiro Lobato à exposição de Malfatti.

Aula 2: Pauliceia Desvairada, de Mário de Andrade 
A partir da leitura de alguns poemas selecionados e de trechos do “Prefácio Interessantíssimo”, discutiremos as principais características de Pauliceia Desvairada (1922), como o significado do signo arlequinal (inscrito já na capa do volume) e o uso específico que Mário faz das vanguardas históricas europeias.

Aula 3 : Pau Brasil, de Oswald de Andrade. 
Leitura de poemas selecionados do livro Pau Brasil (1925), em que Oswald de Andrade coloca em prática as ideias defendidas no “Manifesto da poesia Pau Brasil”. Discussão da linguagem poética oswaldiana deste período. Comentários sobre a obra de Tarsila do Amaral, que estabeleceu profundo diálogo com a poesia oswaldiana e fez ilustrações para o livro.

Aula 4: Macunaíma, de Mário de Andrade 
Leitura de trechos selecionados da rapsódia Macunaíma (1928), de Mário de Andrade, considerada uma das obras mais significativas do movimento modernista. Discussão sobre a importância de Macunaíma para o surgimento de uma nova fase dentro do primeiro Modernismo – a Antropofagia – e sobre a influência da obra na cultura brasileira do século XX, como no Cinema Novo.

Aula 5: A Antropofagia de Oswald de Andrade.
Leitura do “Manifesto Antropófago” (1928), de Oswald de Andrade, que marca uma nova fase do primeiro Modernismo. Discussão sobre a proposta do manifesto, que propõe um novo ponto de vista sobre a arte e a sociedade brasileiras a partir da mobilização das perspectivas de povos indígenas americanos. Comentário sobre a tela Abaporu, de Tarsila do Amaral, um dos pontos de partida para a elaboração do manifesto. Comentário sobre “A Revista de Antropofagia”, em que o pensamento antropofágico é materializado em textos de diversos escritores.

SOBRE A PROFESSORA

Carolina Serra Azul é mestre em Teoria Literária e Literatura Comparada pela USP, onde defendeu dissertação sobre as relações entre Guimarães Rosa e o primeiro Modernismo brasileiro. Atualmente, é doutoranda na mesma instituição, pesquisando os ecos do Modernismo no cinema e na literatura da década de 1970 no Brasil.

OBSERVAÇÕES 

1. Vagas confirmadas apenas com pagamento.

2. Política de devolução: 

Se houver cancelamento até o dia 28/03, será cobrada multa de 10% do valor do curso. Em caso de desistência entre o dia 29/03 e 01/03, a multa será de 40% do valor do curso. Desistências até dia 03/03 (após a primeira aula) serão reembolsadas em 50%. Os valores serão devolvidos via depósito bancário a ser feito em conta de titularidade do participante inscrito.

Em casos excepcionais, por circunstâncias imprevistas, se um curso for eventualmente cancelado, todos valores pagos serão integralmente restituídos.

3.  Certificado de conclusão:

Os alunos devem participar no mínimo de 75% do curso para pedir o certificado de conclusão do curso, que será emitido em até 5 dias úteis após o término do mesmo.

CompartilharShare on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn