Curso: Narrativas fantásticas e políticas

Curso: Narrativas fantásticas e políticas
28 de junho de 2018

Curso: Narrativas fantásticas e políticas

Date: 19 de julho de 2018
Time: 19:00  to  21:00

Seis encontros: 03, 05, 10, 12, 17 e 19 de julho 

Quando? Terças e Quintas, das 19h às 21h
Investimento total: R$ 200,00 | ou 3x R$ 67,00
Onde? Na Tapera Taperá (Av. São Luís, 187, 2º andar, loja 29)

CLIQUE AQUI PARA SE INSCREVER

Para mais informações, contatar: cursos@taperatapera.com.br

APRESENTAÇÃO: 

Durante terças e quintas de julho, Ana Rüsche e Fabio Fernandes ministram curso intensivo de escrita criativa sobre ficções científicas e fantásticas com ênfase a narrativas que discutam política.

O curso propõe-se a apresentar técnicas de produção de narrativas a partir de uma seleção diversa de textos para leitura. Aspectos sobre conflito, criação de personagem, criação de mundo, diálogos e ambientação, entre outros tópicos serão praticados em 18 horas de curso. Além das aulas, é importante que participantes reservem aprox. 2h por semana para leitura de textos e exercícios em casa. Na bibliografia, haverá nomes como Ann Leckie, China Miéville, Jeff Vandermeer, Neil Gaiman, Octavia Butler, Ursula Le Guin.

Observação: Nem docentes nem a Tapera se comprometem a publicar textos ou mesmo encaminhá-los à publicação. Nas devolutivas, não será feita a revisão específica de língua portuguesa. As aulas visam a transmissão de ferramentas e técnicas para que cada pessoa possa desenvolver a própria escrita com mais independência e segurança.

Vagas sociais: o requisito para se candidatar às vagas sociais é pertencer a alguma minoria social ou grupo vulnerável, como mulheres negras ou pessoas trans. Para se candidatar, basta enviar um e-mail contendo uma breve apresentação e uma justificativa à candidatura para cursos@taperatapera.com.br até a quinta-feira 28 de junho de 2018. Os resultados serão divulgados até o dia 02 de julho.

No primeiro dia de aula: Será necessário entregar impresso um resumo da narrativa que pretende desenvolver. Trazer o resumo impresso em até 100 palavras no primeiro dia de aula, 3/7. O resumo será compartilhado com colegas durante o curso. Esta ideia inicial de narrativa não precisará ser necessariamente desenvolvida durante as atividades.

CRONOGRAMA DE AULAS:
3/7, terça-feira | Apresentação
Ana Rüsche e Fabio Fernandes
Apresentação da turma e do programa

5/7, quinta-feira | O que é conflito? O que é enredo?
Ana Rüsche

10/7, terça-feira | Criação de personagem
Fabio Fernandes

12/7, quinta-feira | Criação de mundo e ambientação 
Ana Rüsche

17/7, terça-feira | Falas e diálogo
Fabio Fernandes
Entrega de texto

19/7, quinta-feira | Encerramento do curso
Ana Rüsche e Fabio Fernandes
Devolutiva dos textos e avaliação do curso

Referências Bibliográficas: 
Serão apresentados trechos das seguintes obras durante o curso para análise em sala de aula ou leitura em casa:

1. Ann Leckie, Justiça Ancilar
2. China Miéville, Estação Perdido
3. China Miéville, Marxismo e fantasia
4. H. G. Wells, A ilha do Dr. Moreau
5. Jeff Vandermeer, Aniquilação
6. Lady Sybylla, Deixa as estrelas falarem
7. Neil Gaiman, Os outros
8. Fábio Fernandes, Nas Nuvens
9. Octavia Butler, A parábola do semeador
10. Samuel R. Delany, Para Sempre e Gomorra
11. Teresa Mira de Echeverría, La Terpsícore
12. Ursula Le Guin, Os despossuídos

Professores: 

Ana Rüsche

Escritora, nasceu em 1979 em São Paulo. Publicou os livros de poesia Rasgada (Quinze & Trinta, São Paulo: 2005), traduzido e publicado no México (Ed. Limón Partido, Cidade do México, 2008, trad. Alberto Trejo e Alan Mills), Sarabanda (Selo Demônio Negro, São Paulo: 2007), que recebeu uma reedição pela Ed. Patuá (São Paulo, 2013), Nós que Adoramos um Documentário, ganhador do ProAC (Ed. Ourivesaria da Palavra, São Paulo: 2010) e Furiosa edição comemorativa (ed. autora, 2016). Em prosa, publicou o romance Acordados (Ed. Amauta, Brasil: 2007), também premiado pelo PAC, Secretaria de Cultura de São Paulo e Do amor – o dia em que Rimbaud decidiu vender armas (Ed. Quelônio, 2018).

Doutora em Letras pela Universidade de São Paulo, na área de estudos linguísticos e literários em inglês com a tese “Utopia, feminismo e resignação em The left Hand of Darkness (de Ursula Le Guin) e The Handmaid’s Tale (de Margaret Atwood)”. Coordenou os encontros Romances utópicos e moedas distópicas (2017 e início de 2018) na Tapera Taperá. Organizou e participou do 1º Festival literatura fantástika: um Brasil irrealista (jan. 2018). Palestrou na Cryptorave sobre Mover a máquina em direção ao humano em 2016. Ministrou, junto com o escritor tradutor Fábio Fernandes, a oficina Fantastika no Hussardos Clube Literário em 2013. Produziu o especial Margaret Atwood: de quanto o real supera a ficção para o Suplemento de Pernambuco (dez. 2017). Sobre Ursula Le Guin, escreveu a resenha sobre Os Despossuídos para a Ilustríssima (nov. 2017) e por ocasião de seu falecimento, Ursula Le Guin nos deixou a tarefa de sonhar para O Globo (jan. 2018).

Fabio Fernandes

Escritor e tradutor, nascido no Rio de Janeiro em 1966, paulistano por adoção desde 2000. Começou a escrever no teatro, na década de 1980, com a peça Polêmicas, que ganhou o 1o. lugar nacional do Prêmio de Dramaturgia da Universidade Federal de Alagoas em 1985 e foi encenada no Rio em 1998 com o título Vestidos Brancos (direção de Luiz Armando Queiroz). Em ficção, publicou os livros Interface com o Vampiro (Writers, 2000), Wild Mood Swings (Mojo Books, 2007) e Os Dias da Peste (Tarja, 2009). Traduziu cerca de 80 livros, entre os quais Neuromancer, Laranja Mecânica, Fundação, A Cidade & A Cidade e Justiça Ancilar, e diversos quadrinhos, como Hellblazer, Transmetropolitan, Y: O Último Homem e Ex Machina.

Doutor em Comunicação e Semiótica pela PUC-SP, publicou também os livros acadêmicos A Construção do Imaginário Cyber (2006) e No Tempo das Telas (com Polyanna Ferrari, 2014). Desenvolve pesquisa em utopias logísticas, tendo como foco a obra do escritor norte-americano de ficção científica Kim Stanley Robinson. Ministrou, junto com a escritora e poeta Ana Rüsche, a oficina Fantastika no Hussardos Clube Literário em 2013. Ministra ainda oficinas de narrativas curtas e longas, e em junho iniciou no Tapera Taperá o curso A Ficção Fantástica no Campo Político.

OBSERVAÇÕES: 

1. Vagas confirmadas apenas com pagamento.

2. Política de devolução:

Se houver cancelamento até o dia 01/07, será cobrada multa de 10% do valor do curso. Em caso de desistência entre o dia 02 e 03/07, a multa será de 40% do valor do curso. Desistências até dia 04/07 (após a primeira aula) serão reembolsadas em 50%. Os valores serão devolvidos via depósito bancário a ser feito em conta de titularidade do participante inscrito.

Em casos excepcionais, por circunstâncias imprevistas, se um curso eventualmente for cancelado, todos os valores pagos serão integralmente restituídos.

3. Certificado de conclusão:

Os alunos devem participar no mínimo de 75% do curso para pedir o certificado de conclusão do curso, que será emitido em até 5 dias úteis após o término do mesmo.

CompartilharShare on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn