Lançamentos: “O imortal” e “Nobel”

Date: 7 de junho de 2018
Time: 19:00  to  21:30

Na quinta-feira, 7 de junho, os escritores Mauricio Lyrio e Jacques Fux se reúnem para uma conversa com Vanessa Ferrari sobre os livros “O imortal”, que acaba de ser lançado pela Companhia das Letras e “Nobel”, lançado pela José Olympio.

SOBRE O “NOBEL”

“Em seu novo romance, Fux realiza o sonho de todo escritor: ser laureado com um Nobel de Literatura. Com uma escrita divertida, ele narra o discurso de aceitação do prêmio, enquanto expõe e revela os segredos e os escândalos por trás do Nobel. Com muitas referências e comentários perspicazes, o autor se delicia com o momento e reflete a história de uma das maiores premiações existentes no meio literário”.

SOBRE “O IMORTAL”

“O encontro entre literatura e política é explorado por Mauricio Lyrio num romance que encarna com maestria o caráter absurdo dos tempos atuais. No ano de 2025, o Brasil é agraciado pela primeira vez com um prêmio Nobel. Autor de apenas três livros, o escritor e diplomata Cássio Haddames é o improvável laureado. Avesso a eventos literários e a toda forma de exposição midiática, Cássio está suficientemente habituado a lidar com negociações e trocas de interesse para compreender que a campanha oficial de apoio não se restringiu a seu nome e fez parte de uma manobra malsucedida em que literatura e diplomacia eram peças menores de um jogo mais amplo. Nada disso o impede de receber o prêmio em Estocolmo, onde, sem saber, dá o primeiro passo em direção a um abismo em que amor e poder se confundem e no qual Lyrio habilmente lança o leitor”.

MAURICIO LYRIO

Nasceu no Rio de Janeiro, em 1967. É diplomata e trabalhou em Brasília, Washington, Buenos Aires, Pequim, Nova York e Cidade do México, onde vive atualmente. Publicou A ascensão da China como potência (Fundação Alexandre de Gusmão, 2010) e o romance Memória da pedra (Companhia das Letras, 2013).

JACQUES FUX

Jacques Fux é graduado em matemática e mestre em ciência da computação pela UFMG, doutor e pós-doutor em literatura pela UFMG, pela Universidade de Lille 3 (França) e pela Unicamp, além de pesquisador visitante na Universidade de Harvard. Antiterapias (Scriptum, 2012), seu romance de estreia, venceu o Prêmio São Paulo de Literatura 2013 e o manuscrito de Brochadas: confissões sexuais de um jovem escritor (Rocco, 2015), recebeu Menção Honrosa no Prêmio Cidade de Belo Horizonte. Foi finalista do Prêmio Barco a Vapor 2016.

CompartilharShare on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn