Lançamento American Way of War, de Alcides Peron

Date: 15 de junho de 2019
Time: 11:00  to  14:00

No dia 15 de junho, a Tapera recebe o lançamento do livro “American Way of War: ‘Guerra Cirúrgica’ e o emprego de drones armados em conflitos internacionais, de Alcides Peron, publicado pela Editora Appris. Haverá debate com o autor e os professores da Unicamp Rafael Dias e Leda Gitahy.

“Desde os anos 1980 e 1990, uma série de mudanças tecnológicas, econômicas e ideológicas vem sendo observadas na esfera militar estadunidense. A assim chamada “Revolução nos Assuntos Militares” foi conduzida pelo Departamento de Defesa dos Estados Unidos, em conjunto com uma série de atores privados, os quais movimentaram e articularam diversos conceitos, práticas, tecnologias e agências para desenvolver o que se entendia como uma nova “forma” de organizar, comandar e executar as operações militares. Os argumentos de guerra rápida, guerra irregular, e de guerra centrada em rede foram imediatamente mobilizados nos discursos presidenciais, ao anunciarem as operações militares, que agora teriam um status de operações militares supostamente discretas, cirúrgicas e eficientes.

Como resultado direto desse empreendimento militar, os drones, ou Veículos Aéreos Não Tripulados (VANTs), passaram a figurar como um instrumento supostamente capaz de incorporar todos os valores essenciais para esse novo modelo de guerra rápida e cirúrgica. São instrumentos que, de fato, reordenam o modo como alguns conflitos passam a ser operados, esgarçando ao máximo a distância entre atirador e alvo (predador e presa), e mediando essa mesma relação, não apenas a percepção dos combatentes parecem se alterar em relação ao ato de matar e ao conflito, mas fundamentalmente a percepção política em relação a esse ato também sofre alterações.

Apoiado nos referenciais teóricos dos Estudos Sociais da Ciência e Tecnologia, bem como nos estudos de filosofia da tecnologia e política, esse livro explora o argumento que, ao contrário do que se esperava com o emprego dos drones, não há o desenvolvimento de uma guerra cirúrgica, mas sim um incremento da violência e da barbarização dos conflitos. Assim, o livro debate desde as nuances políticas do processo de desenvolvimento e “fechamento” do Predator MQ-1, até a forma como os conflitos passam a ser percebidos por sua tripulação remota, demonstrando que não apenas os limites legais e éticos da política de uso de força pelos EUA são tensionados, mas a estruturação dos seus sistemas de comando e controle e as suas novas tecnologias bélicas se organizaram para que os conflitos “cirúrgicos” se tornassem rotineiros e permanentes.”

Alcides Eduardo dos Reis Peron é graduado em Relações Internacionais (2006), em Ciências Econômicas (2007) pela Facamp. É mestre (2011) e doutor (2016) em Política Científica e Tecnológica pela Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Foi pesquisador visitante do Departamento de Estudos Sociais da Ciência e da Tecnologia da Lancaster University.

Foi professor do curso de Relações Internacionais da Facamp (2007-2014). Fundou e coordenou o Observatório de Fenômenos Transnacionais das Américas (OFTA). Foi também professor na Graduação e no MBA em Relações Internacionais da Universidade Anhembi Morumbi.

Atualmente é Pesquisador do Grupo de Análise de Políticas e Inovação DPCT-UNICAMP (GAPI), aonde desenvolve diversas pesquisas ligadas ciência, tecnologia e sociedade na América Latina; e pesquisador de Pós Doutorado FAPESP no Departamento de Sociologia da Universidade de São Paulo, debatendo os novos instrumentos de vigilância, policiamento e governo da cidade de São Paulo.

Página do evento no Facebook: clique aqui.

CompartilharShare on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn