Lançamento “Só se perde o que realmente não se teve”

Date: 9 de abril de 2019
Time: 19:00  to  22:00

No dia 09 de abril, a Tapera recebe o lançamento da publicação “Só se perde o que realmente não se teve”, organizada pelos professores Eduardo Ferraz Felippe e Júlio Pimentel Pinto.

“A obra de Ricardo Piglia é um caleidoscópio: a cada giro, a cada olhar, os cristais posicionam-se de uma forma diferente e vemos outro desenho.

A proposta desse livro é explorar o caleidoscópio Piglia. Daí a pluralidade na sua composição: textos críticos, entrevista, ficção, depoimentos. Os dezessete autores vêm de países distintos, assumem perspectivas diferentes, têm preocupações diversas.
Analisam sua ficção, sua crítica e seus diários, comentam sua trajetória, sugerem aos leitores que aproveitem as várias faces de Piglia.

Os autores: Julián Fuks, Joselia Aguiar, Leandro Sarmatz, Pedro Meira Monteiro, Adriana Rodríguez Pérsico, Arcadio Díaz-Quiñonez, Laura Hosiasson, Miriam Gárate, Gisela Bergonzoni, Luis Othoniel Rosa, Livia Grotto, Carlos Fonseca, Susana González, Eduardo Rubio, Renato Prelorentzou.”

Sobre os organizadores:
“Eduardo Ferraz Felippe é professor no Departamento de História da UERJ e, atualmente, pesquisador na Universidade de Princeton. Dedica-se a estudar a narrativa em prosa nos campos da história e da literatura.

Júlio Pimentel Pinto é professor no Departamento de História da Universidade de São Paulo (USP) e autor, entre outros, de Uma memória do mundo: ficção, memória e história em Jorge Luis Borges e A pista e a razão: uma história fragmentária da narrativa policial.”

Página do evento no Facebook: clique aqui.

CompartilharShare on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn