Sessão especial e debate do filme “São Vito”

Date:
Time: 19:00

No próximo dia 11, receberemos uma sessão especial no Cine Tapera, com a exibição do documentário São Vito, dirigido por Camila Mouri e Pedro Caldas.

Haverá debate com a diretora Camila Mouri, com Carmen Silva, uma das lideranças da ocupação 9 de Julho, e Vanessa Chalengre, defensora pública de São Paulo, após a exibição.

SÃO VITO (52min, Brasil, 2017)
TRAILER: http://bit.ly/trailerfilmesaovito

SINOPSE
O documentário acompanha a rotina de moradores do edifício São Vito, popularmente chamado de Treme-Treme, no centro de São Paulo, às vésperas da desocupação do prédio, em 2004. Na cidade da amnésia programada, onde tudo pode ser substituído em nome do novo, as histórias dos moradores jogam luz sobre o tratamento de questões como moradia, urbanismo e políticas públicas em um dos espaços vitais do centro da capital paulistana. Treze anos depois da desapropriação, não existem mais vestígios do São Vito, mas a vida e a memória dos antigos moradores continua presente na cidade.

CAMILA MOURI
Formada pela ECA-USP com especialização em fotografia de cinema, participou de diversos longas e curtas metragens, comerciais e documentários . Em 2009, exibiu pequenos curtas sobre o Edifício São Vito, na exposição Habite-se na Galeria Olido. Desde 2010 se dedica ao documentário e ao estudo da linguagem audiovisual dirigindo e desenvolvendo conteúdo para filmes em diferentes formatos. Em 2014 completou um mestrado em documentário na Sussex University, na Inglaterra, com o filme On the Other Side of the River. Em 2016, foi selecionada pelo Ateliers Varan para um laboratório de desenvolvimento de roteiro no Sesc, com o filme Num dia como esse, atualmente em produção. Como coordenadora de conteúdo, desenvolveu a exposição Os Pontos e a Vista, sobre a vida e a obra de José Saramago, a exposição Antônio Abujamra Rigor e Caos, e foi curadora das exposições São Vito: uma escavação em cartaz no SESC Parque Dom Pedro II e Hebe Eterna, em cartaz no Farol Santander. Também foi responsável pelo conteúdo de projetos para o Museu do Amanhã, o Google, a L’ Occitane, e a Leica.

PEDRO CALDAS
Formado pela FAAP em Comunicação Social, com habilitação em Cinema, participou de diversos longas e documentários, videoclipes e comerciais. Em 2016 realizou a codireção do documentário “Marginal”, produzido pela Globo Filmes e Trator Filmes, com direção de Alex Miranda. Em 2015 realizou a direção do documentário média-metragem “Mudanças climáticas – rumo a um novo acordo global”, produzido por As Mariposas. Foi cinegrafista no documentário “Crazy”, filme oficial da FiFA da copa do mundo do Brasil. Além de ter participado de diversos filmes publicitários e videoclipes pela O2 Filmes.

Página do evento no Facebook: clique aqui.