Vozes Versos: Leituras De Poesia

Date: 25 de maio de 2019
Time: 11:00  to  15:00

Poetas contemporâneos lendo seus próprios poemas. Ou suas traduções de poesia. Inéditos ou de livros recém-lançados. Poetas daqui ou passando por aqui. Encontros simples, sem formalidade, em que poetas mostram, com suas vozes singulares, a poesia que estão escrevendo aqui e agora. Não é debate, não é sarau, não é palestra, não é outra coisa. É apenas um encontro: algumas vozes, alguns versos, e os ouvidos atentos de quem se interessa pelo que os poetas têm a dizer. É só chegar. E ouvir. De graça. Iniciado em 2016, sob curadoria dos poetas Heitor Ferraz Mello e Tarso de Melo, Vozes Versos recebe na Tapera a cada encontro (um sábado por mês, às 11h) três convidados de cujas obras uma pequena mostra é publicada numa plaquete. Os primeiros cinquenta poetas foram publicados pela Editora Quelônio (em 16 plaquetes) e, em 2019, os novos convidados passaram a ser publicados pela martelo casa editorial, de Goiânia.

POETAS DE MAIO DE 2019
sábado 25/05, das 11h às 13h

Caio Meira
Tem 52 anos, mora no Rio de Janeiro e publicou os seguintes livros de poesia: “No oco da mão” (Uerj, 1993); “Corpo Solo” (7 Letras, 1998); “Coisas que o primeiro cachorro na rua pode dizer” (Azougue, 2003), “Romance” (Circuito, 2013) e “Para ler no escuro” (Megamini/7 Letras, 2017).

Marcelo Montenegro
Nasceu em São Caetano do Sul (SP), em 1971. Os poemas aqui presentes estão em “Forte Apache” (Companhia das Letras, 2018), que além do inédito – que nomeia o conjunto – reúne também os seus dois primeiros livros na íntegra: “Garagem Lírica” (2012) e “Orfanato Portátil” (2003). Em 2017, lançou o CD “Tranqueiras Líricas”, registro do espetáculo homônimo com o qual se apresenta há mais de 10 anos, dizendo seus poemas ao lado do guitarrista Fabio Brum.

Simone Brantes
Mestre em Filosofia e doutora em Ciência da literatura (Letras/UFRJ). É poeta e tradutora de poesia. Publicou três livros de poemas (“Pastilhas brancas”, “No caminho de Suam” e “Quase todas as noites”) e teve poemas e traduções publicados em antologias e revistas como Inimigo Rumor, Polichinello, Poesia sempre, Lyrikvännen e Action poétique.

CURADORIA

Heitor Ferraz Mello
Autor de “Coisas imediatas” (2004), “Um a menos” (2009) e “Meu semelhante” (2016), entre outros.

Tarso de Melo
Autor de “Íntimo desabrigo” (2017) e “Alguns rastros” (2018), entre outros.

Página do evento no Facebook: clique aqui.

CompartilharShare on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn