Lao She e a China dos riquixás: literatura e cultura chinesa

Date: 21 de março de 2018
Time: 19:00  to  21:00

O lançamento do romance O GAROTO DO RIQUIXÁ (1937) pela Estação Liberdade marcou a primeira vez que Lao She, expoente da literatura moderna chinesa, foi publicado no Brasil.

A Tapera Taperá e a Estação Liberdade promovem noite focada na literatura moderna chinesa e na história recente do país, pensada a partir da vida e da obra de Lao She.

O prof. Shu Changsheng (DLO-USP) guiará a conversa, que contará também com a participação da profa. Márcia Schmaltz (tradutora de O GAROTO DO RIQUIXÁ). No encontro também serão exibidos trechos da adaptação cinematográfica de Zing Lifeng para a obra.

Clique aqui para ver o evento no Facebook.

+ sobre o autor:
Nascido em 1899 em uma família pobre da minoria manchu e influenciado por autores como Charles Dickens e D. H. Lawrence, Lao She se dedicou a narrar com realismo as dificuldades da China e dos chineses. O GAROTO DO RIQUIXÁ se tornou sua obra mais emblemática.

+ sobre o livro:
Xiangzi, o protagonista do livro, luta para tentar sobreviver na Beijing dos anos 1930 como puxador de riquixá. O conflito entre a ingenuidade do garoto do campo e o individualismo feroz da metrópole é metáfora para a China no início do século XX: uma sociedade rachada por disputas de poder, que começava um processo de modernização que, ao mesmo tempo em que trazia importantes avanços culturais, aprofundava o abismo da desigualdade social no país.

+ entrada gratuita

CompartilharShare on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn